sexta-feira, 26 de março de 2010

Indianos não precisam de piscas


Essa é pelo menos a conclusão com que fico, não só porque eles conduzem permanentemente como se fossem salvar alguém da forca (como por cá, mas com mais buzinadelas, dizem-me) mas também porque a Indiana ficou recentemente, aos 3300 km, sem um pisca da frente. Aconteceu depois daquela tromba de agua que caiu há uns dias e provocou estragos no Cacém (Nunca acontece nada de bom no Cacém!). Para mim foram só uns pingos, mas a Indiana, o pisca da frente do lado esquerdo, e o sofisticado sistema sonoro de aviso de piscas nunca mais foram os mesmos.


Sim, eu sei, a Indiana não foi montada numa industria japonesa por homenzinhos pequeninos com batas imaculadas, super disciplinados, cuja vida inteira gira à volta da fábrica e da empresa que lhes deu trabalho, por quem têm uma dedicação absoluta. Não, a indiana veio daqui, ou seja, é um pouco como se viesse de uma oficina de metalomecânica de Águeda, daquelas que fazem quadros de bicicleta manhosos, só que com cheiro a caril. Em suma, é natural que pequenos problemas como este apareçam, mesmo que aos 3000 e poucos km.


A vantagem que a Indiana tem em não ser uma Honda (eu estava mal acostumado, eu sei) é que se pode facilmente desmontar e assim resolver a maioria dos problemas in loco, tal como fazia o MacGyver, mas sem usar tape americana. Infelizmente, desta vez, por mais que eu procure a fonte do mau contacto, não encontro problema nenhum e, apesar da lâmpada estar perfeita, a questão persiste. Já me foi dito que é coisa recorrente nas PX, ou seja, não é defeito, mais uma vez é feitio. Provavelmente sou eu que não sou muito jeitoso para estas coisas, mas sou certamente teimoso e talvez por isso não me resignei ainda a erguer a bandeira branca e rumar à Old Scooter.

8 comentários:

Anónimo disse...

Olá
Na verdade, perece que não precisam mesmo.Tenho uma LML desde janeiro com 1200 km e estou muito satisfeito.No entanto parecem persistir alguns problemas (a que me começo habituar mas que espero resolver na 1ª revisão):

1. pisca trazeiro com mau contacto
2. pisca frontal saiu do local
3. folga ruidosa nos 2 punhos (acelerador e caixa)
4. tremideira da direcção ao travar com travão frontal

Bom e parece que chega! tirando isto, nada apontar, bom desempenho em vias rápidas (zona do Porto) de preferência sem vento!!

Como tive uma PXE 125 de 1994, esta LML não me parece ficar atrás e desta vez não a vendo, como a anterior!!
abraço

João Barbosa (Matosinhos)

Paula disse...

Olá,

Só uma pequenina correcção:

Apesar de as notícias todas falarem no Cacém, na realidade as inundações foram na Agualva. No Cacém apenas choveu intensamente durante cerca de meia hora, e que eu tenha conhecimento não houve inundações nem estragos.

Mas no Cacém existem coisas boas!... é de lá que parto para todos os passeios de maxi scooter, e não me importaria mesmo nada de lá albergar uma indiana, mesmo com os piscas teimosos,...Lol

cristina (Cacém)
http://clubeportuguesmaxiscooters.org/forum/index.php

Buli disse...

Tens de ter cuidado com as referências geográficas! Dependendo da leitura e dos leitores, neste momento podes ter japoneses, indianos, cacenianos(?) e aguedianos(?) sentindo-se ofendidos pelo scooterlog! :)
Bons desenrascanços e mcgyverices!

Bessa disse...

Hum, já estou a imaginar milhares de Indianos indignados a queimarem bandeiras do ScooterLog (!) nas ruas.

É difícil fazer algum humor ou simplesmente expressar-me de uma forma pública sem correr o risco de ferir susceptibilidades. É inevitável. Já tenho recebido reclamações...

lin disse...

Possibly the most amazing blog that I read all year dresses with sleeves!?!

Sérgio Fraga disse...

Boa tarde,

Antes de mais parabéns pelo Blog!

Gostava de te perguntar se removeste o som dos piscas da tua LML. Se sim gostaria de saber como fizeste porque gostava de não parecer um camião do lixo sempre que faço uma curva.

Obrigado
Sérgio Fraga

Sérgio Fraga disse...

Boas,

Antes de mais, parabéns pelo Blog!

Gostaria de te perguntar se removeste o som irritante dos piscas da tua LML. Se sim gostava de saber como o fizeste.

Cumprimentos
Sérgio Fraga

Bessa disse...

Boas!

Enquanto tive a scooter, nunca removi o aviso dos piscas. Sei que há informação online sobre como eliminar esse som...

Abraço,
Bessa